Torrent Filmes X

Incubus (Leslie Steven's Incubus) (1966)

Numa estranha ilha habitada por espíritos e demônios, um homem luta contra as forças do mal. Um jovem demônio, encarnado na figura de uma mulher nova e bonita, sente-se apaixonado por um honrado soldado. A irmã mais velha da jovem, também um demônio, ultrajada pela relação abjeta, convoca as forças do poder maligno do irmão primogênito, um demônio ainda mais feroz que irá brutalizar a irmã do soldado.

País de Origem:EUA
Idioma: Esperanto

Direção e Roteiro: Leslie Stevens

Elenco:
William Shatner … Marc
Allyson Ames … Kia
Eloise Hardt … Amael
Robert Fortier … Olin
Ann Atmar … Arndis
Milos Milos … Incubus
Jay Ashworth … Monk (uncredited)
Forrest T. Butler … Monk (uncredited)
Paolo Cossa … Narrator (voice) (uncredited)
Ted Mossman … Monk (uncredited)

Curiosidades:

-Para o diretor só faria sentido que os íncubos falassem uma língua que não soasse como falada por humanos, então escolheu o esperanto.

-Em Esperanto, um Incubus (um demônio masculino que seduz as mulheres) é “inkubo”. Mas quando Arndis diz que ela teve um pesadelo, pesadelo em Esperanto também é “inkubo”.

-Depois deste filme gerou elogios em festivais de cinema ao redor do mundo e em exibições de teatro de sucesso na França, um laboratório erroneamente destruiu o negativo e todas as cópias, o filme foi considerado perdido e nunca lançado em vídeo. Então, depois de anos de pesquisa, uma cópia foi descoberta na coleção permanente da Cinémathèque Française, em Paris. A partir desse único sobrevivente de impressão, este filme foi digitalmente retaurado com som remasterizado. Desde então, tem sido re-circulado on-line, gerando uma nova legião de fãs.

-Shatner cresceu em Montreal, no Canadá, e provavelmente por isso ele mantém a pronuncia de certas palavras em Esperanto como se fossem em francês. Ouça-o dizendo “sen” (sem) pronunciado como se fosse francês “sans” ou “sento” (sinto) como se fosse francês “sans”, ou “sento” (sentir). Para o registro, o Esperanto não tem sons nasais como o francês.

   Maldição:
-Em seu comentário para o DVD, William Shatner se lembrou de um incidente que ocorreu quando o elenco e a equipe chegou pela primeira vez em Big Sur, Califórnia. Ele se lembra de quem ele achava ser um  “hippie” se aproximando da companhia, inquirindo no seu esforço. Shatner diz que o elenco e a equipe reagiu com alguma hostilidade para com o seu interesse, o que por sua vez o irritou,. Depois o “hippie” em voz alta lançou uma maldição sobre a sua produção, o que algumas pessoas acreditam que veio em vigor.
-Apenas um ano após esse filme sair, como suas impressões estavam sendo destruídas, William Shatner foi escalado para o “Jornada nas Estrelas”, o cineasta Conrad L. Hall conseguiu sua primeira indicação ao Oscar; o ator Milos Milos assassinou a ex-esposa de Mickey Rooney e, em seguida, matou a si mesmo; a atriz Ann Atmar cometeu suicídio; e Eloise Hardt, teve a filha raptada e morta.
-O diretor Leslie Stevens não queria lançá-lo nos cinemas dos EUA,afirmando que era impossível assistí-lo após tanta tragédia.
-Na mesma semana em que Incubus foi lançado em DVD, a esposa de William Shatner morreu afogada e, segundo dizem, o ator e outras pessoas se recusam a falar sobre o filme.
-Filme Legendado:
Mediafire: Parte 1/ Parte 2/ Parte 3/ Parte 4
Trailer: